O Capitão Marvel de C.C. Beck

Capitão Marvel
Na cola do Super-Homem surge, em 1940, o Capitão Marvel, criado por por C. C. Beck e Bill Parker. Aqui sua identidade secreta não é de jornalista, mas sim jornaleiro (e depois radialista): o menino Billy Batson grita a palavra mágica Shazam! e adquire superpoderes, enfrentando vilões como o diabólico Dr. Silvana. No ano seguinte ganharia um “filhote”, o Capitão Marvel Jr, e depois uma irmã gêmea, Mary Marvel. Os três formam a Família Marvel. O personagem irrita a DC Comics, que move um processo acusando a concorrente Fawcett Publications de plágio. A briga se arrasta dezesseis anos na justiça. Freddy Freeman, o alter ego do Capitão Marvel Jr, era deficiente físico e precisava de muletas para andar.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s